A partir de hoje, 1 de julho, deixa de ser exigido aos passageiros que entrem em Portugal a apresentação de comprovativo de realização de teste COVID com resultado negativo ou a apresentação de certificado digital COVID UE ou de certificado de vacinação ou recuperação emitido por países terceiros, aceite ou reconhecido em Portugal.

  • Partilhe